Cidade Perdida. Tayuna

Na década de 70. Chamada de Teyuna pelos taironas, mas apelidada de Cidade Perdida ao ser encontrada, essa maravilha antiga costuma ser comparada a Machu Picchu, pois ambas são sítios arqueológicos localizados em encostas e escondidos pelas florestas tropicais da América do Sul.

No entanto, para Teyuna, diferentemente do seu homólogo peruano, não há trens ou ônibus que permitam viagens fáceis, pois a cidade está encravada no coração da selva colombiana e para se alcança-la são necessários vários dias de caminhada.

Os tairona tiveram que deixar seus assentamentos em meados do século XVII, devido a uma sangrenta guerra com os espanhóis, que decapitaram e esquartejaram todos os chefes tribais, pois eles se recusavam a aceitar ser conquistados pela Espanha. Por outro lado, negociavam com ingleses e franceses, enfurecendo a coroa espanhola.

A Cidade Perdida consiste em uma série de 169 terraços esculpidos, na encosta da montanha. Um deles chega a ter 900 m2. Além disso, o local possui uma rede de ruas de mosaico, e várias praças circulares. É também o lar de uma enorme rocha com misteriosas linhas esculpidas. Acredita-se que a rocha tenha sido usada como mapa estelar.

Os arqueólogos oficiais chegaram ao local em 1976 e ficaram até 1982, quando concluíram a reforma da cidade e documentaram a maioria das estruturas. Hoje, a Cidade Perdida é reconhecida como uma das maiores cidades pré-colombianas já descobertas.

Video mostrando a cidade:

https://youtu.be/jXhiAsWV6-I

1 Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s