Desencontro

Desencontro encontrado
É o reverso do encontro marcado
Pelas cinzas do tempo velado
Com as piadas e etéreas opiniões
É quando a espera do inesperado
Se vinga poderoso e inexorável
Como um anão agigantado
Após sofrer tantas opressões.
Desencontro encontrado
Ocorre em algum lapso da eternidade
O segundo impreciso do exato momento
Cada gota fresca do orvalho
Acertando em cheio a flor despetalada.
Desencontro encontrado
Deixa-se achar quase por acaso
Como o mais estapafúrdio dos achados
Quando já desistimos de procurar
Portas e janelas se abrem
Seguindo os imperativos do ditado popular.

1 Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s