Diferença

Se tudo fosse diferente
Tudo muito igual seria
Como um corpo dormente
Sob o jugo da razão indolente
Que já não mais diferencia
As trevas da noite da claridade do dia.
Se o diferente fosse igual
Tudo seria muito normal
Até o considerado indecente
Status privilegiado teria
Haveria encontro de gente
Cumplicidade de corações e mentes
E a cidade sorriria.
Se o diferente fosse igual
A gado marcado no curral
Tudo mais claro seria
E até a opressão
Disfarçada de comiseração
Descaradamente se revelaria.

Categorias:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s