A noite – E. J. C. King

Esse maldito espelho
Nele o reflexo que anseio
Porém, o externo ainda que inteiro
Esconde um coração sangrando sem freio

A noite foi dura
Eu querendo minha cura
No lugar do vazio
Eu só queria algo menos frio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s