Indicações da semana

QUE COISA INCRÍVEL É UM LIVRO

 É um objeto achatado feito de árvore com partes flexíveis nas quais nós imprimimos uma porção de rabiscos escuros e esquisitos. Mas basta olhar para ele e você está dentro da mente da pessoa, talvez de alguém morto há milhares de anos.
Através dos milênios, um autor está falando claramente e silenciosamente dentro da sua cabeça, diretamente a você. A escrita talvez seja a maior das invenções humanas, unindo pessoas que nunca conheceram umas às outras, cidadãos de épocas distantes.
Os livros rompem os grilhões do tempo. Um livro é a prova de que os humanos são capazes de realizar magia.  (Carl Sagan)

Que tal começar a semana com um livro novo? Abaixo coloquei livros ótimos e talvez diferente do seu gênero de sempre, mas sei que vão lhe agradar. 

PRECISAMOS DE NOVOS NOMES

(2013, NoViolet Bulawayd)

516uR-rX1GL._SX331_BO1,204,203,200_

Ambientado inicialmente em uma favela do Zimbábue chamada Paraíso, o maduro romance Precisamos de novos nomes retrata a vida acometida pela violência, pobreza doença e injustiça. A jovem narradora, enviada para viver com sua tia no centro-oeste dos Estados Unidos, enfrenta uma nova fonte de tristeza: a exclusividade do sonho americano. O romance é especialmente memorável por seu retrato da lealdade e da vitalidade das amizades de infância no Zimbábue, onde a autora NoViolet Bulawayo nasceu e cresceu.

O CAÇADOR DE PIPAS

(2003, Khaled Hosseini)

3178258

Retratando temas como traição, culpa, pecado, reparação e amizade, O caçador de pipas começa no Afeganistão em 1975. Um garoto de doze anos planeja ganhar uma competição de pipas com a ajuda de seu melhor amigo, mas um ato de violência marca o dia do concurso. Exilado na Califórnia após a invasão soviética em 1979, ele por fim retorna para uma terra sob o domínio talibã. Para escrever esse romance parcialmente autobiográfico, Khaled Hosseini se inspirou na proibição de empinar pipas que havia sido imposta à sua terra natal.

O AMOR NOS TEMPOS DO CÓLERA

(1985, Gabriel García Márquez)

Download-O-Amor-nos-Tempos-do-Colera-Gabriel-Garcia-Marquez-em-ePUB-mobi-e-PDF-370x556

Delicada análise das dificuldades e ambiguidades do amor, O amor nos tempos do cólera, do romancista colombiano vencedor do Nobel, Gabriel Garcia Márquez, navega habilmente pelos meandros do sentimento humano. Duas versões do amor são apresentadas, ambas consagradas por uma figura masculina: um apaixonado e outro pragmático. O apaixonado, Florentino Ariza, pede sua amada em casamento cinquenta anos depois de ser rejeitado em favor do dr. Juvenal Urbino, o pragmático. Uma questão central no livro é: qual tipo de amor é mais provável de trazer a felicidade? A cólera é apresentada literalmente na narrativa, mas também serve de analogia imaginária para a paixão. Outros temas da obra incluem aceitação da velhice e perpetuação do amor romântico entre os idosos, mesmo quando o corpo está enfermo.

OS MAIAS

(1888, Eça de Queirós)

519BDiCx2YL._SX342_BO1,204,203,200_

Tido como a obra-prima de um dos maiores romancistas europeus, Eça de Queirós, Os Maias se passa em Lisboa no final do século XIX. Notável por sua sátira e realismo, seus personagem principal, Carlos Maia, é um rico e talentoso médico que se presta a fazer o bem, mas leva uma vida desregrada. Maia embarca em um romance com uma mulher linda e misteriosa, porém uma descoberta chocante dá fim ao relacionamento.

O CONDE DE MONTE CRISTO

(1844, Alexandre Dumas)

51YtA28yEJL

Livro muito popular por toda a Europa na época em que foi publicado em série. O conde de Monte Cristo, do dramaturgo e romancista francês Dumas, passa-se durante a Restauração Francesa. O romance conta a história da vingança de Edmond Dantès contra seus inimigos, depois de ter sido preso por acusações falsas de traição. Na prisão, ele conhece Abbé Faria, que lhe conta sobre um tesouro escondido na ilha de Monte Cristo. Após fugir e encontrar o tesouro, Dantès aparece de novo como o conde de Monte de Cristo.

 

Anúncios
Categorias:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s